Quinta-feira, 26 de Janeiro de 2006

A VIZINHA

fronha.jpg

A vizinha do primeiro
Já vem a descer a escada
Tem o passo tão ligeiro
Que nunca chega atrasada!

Tem o passo tão ligeiro
E tão larga é a passada
Que chega sempre primeiro
E nunca lhe custa nada!

E tão larga é a passada
Que já está no rés-de-chão
Sem que se mostre cansada
Ou lhe salte o coração!

As laranjas que ligeiro
Foi colher ao meu quintal
Dei-as à vizinha do primeiro
Pra que não me queira mal!

A fronha não era sua
Mas não perdi a viagem
Comigo trouxe uma imagem
Mais brilhante do que a Lua!

publicado por Abel às 15:52
link do post | comentar | favorito
|

.pesquisar

 

.links

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LÍNGUA PORTUGUÊSA

. PORTO CAMPEÃO

. CABEÇA LEVANTADA

. AOS QUE VÊM LÁ DO LESTE

. AS HORAS

. PRIMAVERAS

. POEMAS DE RIMA CERTA

. UM LAMPIÃO

. A CHUVA

. O ENCURVADO

.arquivos

. Outubro 2015

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds