Sexta-feira, 24 de Fevereiro de 2006

UM CRIME QUE NÃO SE VÊ

umcrimenaoseve.jpg

Não se pode falar comigo
Não se sabe lá bem porquê
Deve ser um qualquer castigo
Por um crime que não se vê.

Argumento com correcção
Em discurso bem razoável
Isso só é desagradável
Pra quem tem pouca formação.

Não te afastes ,ó criatura,
Dos que sejam mais instruídos
Porque os povos são oprimidos
Quando não há muita cultura.

Não te iludas que o inimigo
Não é doutrem a erudição
Plo contrário vive contigo
E se chama pouca instrução!

Abel
publicado por Abel às 15:10
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.links

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LÍNGUA PORTUGUÊSA

. PORTO CAMPEÃO

. CABEÇA LEVANTADA

. AOS QUE VÊM LÁ DO LESTE

. AS HORAS

. PRIMAVERAS

. POEMAS DE RIMA CERTA

. UM LAMPIÃO

. A CHUVA

. O ENCURVADO

.arquivos

. Outubro 2015

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds