Sexta-feira, 3 de Fevereiro de 2006

AVISO



Será isto algum aviso
De castigo prometido?
De castigos não preciso
Porque já fui bem servido!

As dores que Deus me deu
São dores que já sofri
quando esperava por ti
como quem aguarda o Céu!

O Céu que nunca se abriu
Para entrar o meu amor
Meu coraçao se partiu,
Sofrendo de imensa dor!

Mais dores para mim não
Bastam as que padeci
Ninguém morre de paixão
Só por isso não morri!
tags: , ,
publicado por Abel às 15:48
link do post | comentar | favorito

.pesquisar

 

.links

.Outubro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. LÍNGUA PORTUGUÊSA

. PORTO CAMPEÃO

. CABEÇA LEVANTADA

. AOS QUE VÊM LÁ DO LESTE

. AS HORAS

. PRIMAVERAS

. POEMAS DE RIMA CERTA

. UM LAMPIÃO

. A CHUVA

. O ENCURVADO

.arquivos

. Outubro 2015

. Novembro 2006

. Setembro 2006

. Maio 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

.tags

. todas as tags

.subscrever feeds