Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Dialogo A Uma Só Voz

Versos de amor, de crítica, de meditação e de sensualidade ao sabor da rima e da métrica...

Dialogo A Uma Só Voz

Versos de amor, de crítica, de meditação e de sensualidade ao sabor da rima e da métrica...



Eis aqui um rimador
De sílabas bem contadas
Medidas e acertadas
Sempre com muito rigor.

As palavras que rebusco
Encontro na minha mente
Umas vezes de repente
Umas outras com mais custo.

Ouço nas rimas perfeitas
Certo som de melodia
Que me transmite a alegria
Das coisas que são bem feitas.

A um certo seu amigo
Que os pauis,diz o Pessoa,
Não são poesia boa
São palavras sem sentido...

E eu digo que o verso branco
Se não for especial
É um verso que soa mal
É um verso que vai manco;

Que o verso de pé quebrado
Sem rima ou simetria
É cantor desafinado
Que arruina a cantoria;

Que os versos ditos geniais
Só são versos de primeira
Se escritos por mão certeira
Nas regras gramaticais.

Daqui eu lanço o alerta
Do rimador que reage,
Honrando o nosso Bocage
Com poemas de rima certa!

4 comentários

Comentar post